Pular para o conteúdo

Biodiversa

Liana John é jornalista ambiental. Escreve sobre conservação, mudanças climáticas, ciência e uso racional de recursos naturais há quase 30 anos, nas principais revistas e jomais do país Ao somar entrevistas e observações, constatou o quanto somos todos dependentes da biodiversidade. Mesmo o mais urbano dos habitantes das grandes metrópoles tem alguma especie nativa em sua rotina diária, seja como fonte de alimento ou bem-estar, seja como inspiração ou base para novas tecnologias. É disso que trata esse blog de como a biodiversidade entra na sua vida e como suas opções eventualmente protegem a biodiversidade.

São 57 artigos. Clique para ler cada um deles na íntegra:

Boas surpresas vicejam nos campos de altitude mais expostos aos ventos e ao frio do alto da Serra da Mantiqueira, onde se encontram os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Entre araucárias, liquens e rochas crescem ervas e arbustos…

Mudar um modelo econômico baseado no petróleo não é “simplesmente” trocar termoelétricas por hidrelétricas e botar etanol no tanque dos veículos, em lugar de gasolina. É preciso substituir também uma grande quantidade…

Lipídios do bem, com muita energia; fibras;
proteínas minerais importantes como potássio, manganês, cobre, boro, cromo; um pouco de vitamina B1 e uma bela dose de vitamina E, aquela que é antioxidante e elimina os radicais livres…

Sabemos o estrago que a acidez da chuva pode causar a esculturas e monumentos
expostos ao ar livre. Quanto menor o pH, maior a capacidade corrosiva das gotas. Nas águas negras de rios amazônicos, ao contrário, a acidez é bem vinda…

O que os olhos não veem, o coração não sente. Tai um ditado questionável em nossa Terra tão marcada por contaminações químicas. Olhando assim, sem a ajuda de medidores especiais ou kits de testes, não enxergamos arsênio, chumbo

 

Também é excelente para alface, rúcula, uma porção de outras hortaliças e, sobretudo, tomate! As algas marinhas contêm uma porção de nutrientes e substâncias antioxidantes e fazem muito bem para a pele e para os cabelos – como bem sabem as indústrias de cosméticos – e para…

Fazer a limpeza de casa com produtos à base de petróleo é mais ou menos como deixar um rastro de poeira sobre um piso que acaba de ser varrido. As pegadas, no caso, são invisíveis, mas incluem tanto os contaminantes químicos volatilizados ou carreados pela água, como o carbono

2015 começa com mais novidades na pesquisa de bioembalagens. Em 2014, o último post aqui do Biodiversa foi sobre a celulose fabricada por bactérias (Leia Nanoesperanças para um futuro mais sustentável) e em maio, tratamos também das embalagens…

Aproveitou o feriadão de fim de ano na praia ou na piscina? Então essa é uma boa hora para cuidar da pele com produtos à base de plantas brasileiras. Assim você começa 2014 com seu bronzeado protegido e com a pele inteira, sem descascar como uma cobra. A sugestão…

A primeira intenção era identificar os fungos prejudiciais à qualidade do café, para depois pesquisar meios de proteger os grãos durante e após a colheita. Ao reparar bem nos efeitos dos diversos parasitas, porém, os pesquisadores da Empresa de Pesquisa Agropecuária de…

Nada melhor para acabar com a ressaca de Carnaval do que o sabor refrescante e azedinho do cajá (Spondias
mombin), também conhecido como taperebá (na região Norte), ambaró ou jobo (nos países caribenhos). Suas versões mais populares e fáceis de encontrar nos mercados – do Centro-Sul, inclusive…

Os cajueiros – essas extraordinárias espécies do gênero Anacardium, nativas das regiões mais quentes do Brasil – já frequentaram o nosso Biodiversa mais vezes do qualquer outra planta. Mais até do que a carnaúba (Copernicia prunifera), chamada pelos nordestinos de “árvore da providência”. Já falamos do caju em…

Nanopartículas de prata têm serventia em Eletrônica, Engenharia, indústrias têxteis, tintas, indústria de alimentos, cosméticos, biossensores, Medicina e Biologia. Elas servem por exemplo, para fazer diagnósticos; controlar
microrganismos (bactérias, fungos e vírus) ou pragas agrícolas…

Era uma questão de tempo até os designers de tênis esportivos buscarem inspiração na natureza para melhorar a performance de saltos, impulsos e amortecimentos dos calçados usados por atletas e amadores. Afinal, não faltam exemplos aperfeiçoadíssimos de corredores…

Quem já provou um biscoito de castanha-do-brasil (Bertholletia excelsa) sabe que não há nada melhor para
acompanhar o chá das cinco (ou de qualquer outro horário) e o cafezinho, o cappuccino, a média… Há muitas gerações, essas sementes garantem as doses de proteína vegetal, óleo anticolesterol

Quem já ouviu falar num fermentado à base de água e mel, apropriadamente chamado de hidromel? É uma bebida conhecida na Europa desde a Antiguidade. Depois surgiu a cerveja e o hidromel acabou caindo em desuso, embora até hoje ainda exista um ou outro fabricante caseiro perdido por aí. Sem contar…

Corriqueiros nas florestas tropicais e mesmo nas matas secundárias brasileiras, os cipós lenhosos ganham status
de arte quando trabalhados pelos 60 artesãos especiais da Adere, a Associação para o Desenvolvimento, Educação e Recuperação do Excepcional, de São Paulo. As peças são vistosas…

Os amantes da alta gastronomia conhecem os frutinhos da aroeira (Schinus terebinthifolius) como pimenta-rosa, um
ingrediente de sabor diferenciado e colorido atraente, bom para temperar e ornamentar pratos sofisticados. Já os
dentistas podem considerar essa árvore uma aliada…

Urucubaca, como se sabe, é um azar dos grandes, daqueles que envolvem doenças e acidentes em série. Já urubucaá é o nome tupi de algumas espécies de trepadeiras do gênero Aristolochia, nativas das matas brasileiras, sul americanas e centro-americanas. O significado do nome é…

E se contássemos com a ajuda de partículas tão minúsculas quanto os vírus para atacar os agentes da dengue e da febre chikungunya, ambos transmitidos pelos mosquitos Aedes aegypti e A. albopictus? E se pudéssemos impregnar os recipientes plásticos, as cerâmicas e os vidros…

Corre cutia na casa da tia / Corre cipó na casa da avó / Lencinho na mão caiu no chão / Moça bonita do meu coração / Posso jogar? / Não / Ninguém vai olhar? / Não / Joguei!  “Acusado” aí quem reconheceu os versinhos da brincadeira Lenço Atrás!…

As duas espécies da Amazônia brasileira são amplamente conhecidas por seus usos tradicionais: do crajiru (Arrabidaea chica) há muito se tira o corante vermelho-vinho para dar vida aos sorvetes, produzidos na Europa inclusive, e do mulateiro-da-várzea

Existe entre o Maranhão e o Piauí uma palmeira “da providência” – o babaçu (Orbignya phalerata) – da qual tudo se aproveita: do caule às folhas, da polpa ao óleo da amêndoa e até suas cascas. Assim se aprende na escola (ou aprendia, na minha época). Nos últimos…

Maçambira é uma bromélia de folhas estreitas; verdes por fora, com partes rosadas por dentro; armadas de espinhos fortes e afiados, de alto a baixo. Seu nome popular, aliás, deriva do guarani mã (feixe, agrupado, atado) e cambira
(cheio de espinhos)…

Ou melhor, o extrato da casca do breu-branco (Protium heptaphyllum) tem bom potencial comoprotetor solar, por suas atividades antioxidantes e anti-inflamatórias, que ajudam a prevenir queimaduras de sol e câncer de pele. Essa árvore, de 7 a 20 metros…

Quem vê os manguezais apenas como locais sujos, cheios de lodo, um verdadeiro empecilho à expansão imobiliária,
nem imagina a riqueza de usos potenciais escondida entre aquelas raízes tão especializadas! Além dos crustáceos, peixes e moluscos, existe ali…

Quem tem piscina, laguinho artificial ou cuida de algum aquário com certeza já viu a água esverdear num piscar de olhos, só porque caiu uma chuvinha ou algum detalhe fugiu ao controle por um breve período. As agentes dessas mudanças rápidas são as microalgas de água doce: uns vegetais…

Toda e qualquer espécie animal precisa suprir três necessidades básicas para existir: alimento, abrigo e condições para criar sua prole. Com frequência, as ameaças de extinção estão ligadas à dificuldade de conseguir alimento ou à perda do ambiente que as abriga…

Todo mundo sabe que algas marinhas são um ingrediente valorizado na composição de cosméticos, de xampus a sabonetes líquidos, passando por diversas categorias de cremes hidratantes e de rejuvenescimento. Mas a maioria dos cosméticos vendidos aqui no Brasil…

No menu do Manu, volta e meia aparecem pratos preparados com mel de jataí (Tetragonisca angustula), mandaçaia (Melipona quadrifasciata), uruçu-amarela (Melipona flavolineata) ou tubuna (Scaptotrigona bipunctata). Mas não é só na sobremesa, não…

Para azar do cambucizeiro, padres jesuítas fundaram um colégio chamado São Paulo de Piratininga bem em sua área de ocorrência. Claro que, nos idos de 1554, ninguém imaginava a imensa metrópole na qual aquele colégio se transformaria, tomando o lugar da Mata Atlântica onde…

Os fungos do gênero Aspergillus podem ser encontrados em qualquer lugar e se multiplicam com facilidade. Até demais, por sinal: quando se espalham sobre grãos de amendoim, soja ou castanha-do-brasil produzem as famigeradas aflatoxinas, que se ligam ao DNA humano inibindo…

Até 2012, eles corriam leves e silenciosos por igapós, campinaranas e terra firme do Amazonas, atrás de alvos vivos e fugidios. Carregavam 200 gramas de paxiúba vergada pela corda de tucum e um punhado de varas de flecheiras. Agora, treinam em Maricá, no Rio de Janeiro, diariamente, das…

Embebido, ensopado ou empapado é a tradução da palavra ingá, do original tupi-guarani. Talvez tal nome tenha a ver com a preferência das árvores do gênero Ingá, de crescer às margens da água, sejam rios, igarapés, lagos ou lagoas (pouco importa, desde que seja molhado). Ou, quem…

Ao lado de baratas, carrapatos e moscas, os mosquitos estão naquela categoria de biodiversidade que ninguém lamentaria muito se deixasse de existir. Do nosso ponto de vista, eles são inafugentáveis, inclementes, incômodos, indesejáveis e insuportáveis, com seu…

Dizem que a primeira experiência a gente nunca esquece. E Marcelo Carneiro confirma isso, revelando em detalhes coloridos, saborosos e aromáticos como decidiu subverter as escolas tradicionais de fabricação de cervejas artesanais, acrescentando…

Os fãs do mandacaru (Cereus jamacaru) como coadjuvante do tratamento de água e do mandacaru cosmético têm mais um motivo para se orgulhar desse cacto brasileiro de grande porte e grande utilidade: uma das frações de seu caule…

A esperança de Anos Novos melhores nem sempre vem apenas em forma de votos e cartões. Às vezes ela se
materializa em novos materiais que podem operar grandes transformações, mesmo se de origem humilde e minúscula, nano até. Assim…

Claude Monet que não nos deixe mentir: nada espelha tão bem a tranquilidade como um lago pontuado por folhas e flores de ninfeias. Dá até para respirar mais fundo como uma inspiração visual assim! Pois não é que essas plantas aquáticas vão muito além…

Quem cuida de gado, no Pantanal, costuma evitar áreas onde crescem ximbúvas (Enterolobium contortisiliquum), árvores de uns 20 metros de altura, bem copadas e com troncos grossos, em torno de um metro de diâmetro. A espécie tem…

Por um desses mistérios insondáveis da natureza, apenas nos anos pares – como este 2014 – pequenos insetos sugadores conhecidos como cochonilhas (gênero Stigmacoccus) atacam as bracatingas (Mimosa scabrella). Do alto dos seus 10 a 18 metros…

Está certo que não é com a rapidez de um toque de Midas, mas a transformação de fungos em ouro soa mesmo como um passe de mágica. Com a grande diferença de já ser realidade no Brasil: pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA) usaram fungos filamentosos para…

Os ingredientes são de fácil acesso e baixo custo. Não todos, mas quase. A receita admite algum improviso e uns toques pessoais. Só é preciso entender bem a função de cada ingrediente para não errar a mão, ou seja, não engrossar demais nem fazer meleca. E convidar alguns amigos…

Várias plantas recebem o nome vulgar de pau-santo, graças às suas múltiplas utilidades. Mas o pau-santo ao qual nos referimos aqui é uma árvore do gênero Kielmeyera, exclusivo da América do Sul. Das 47 espécies conhecidas desse
gênero, 45 existem no Brasil e o pau-santo em questão…

A boa experiência com biofábricas de predadores e parasitas de pragas agrícolas criou condições para o desenvolvimento de um novo produto – vivo e sustentável – oriundo da biodiversidade brasileira: abelhinhas sem
ferrão para a polinização de morangos, pepinos…

Macunaíma, o anti-herói, podia não ter nenhum caráter, mas conhecia esse país como ninguém. Uma de suas frases mais célebres – “muita saúva, pouca saúde, os males do Brasil são” – continua atualíssima, 86 anos depois de seu criador, Mário de Andrade, a colocar no papel. E o pior é saber…

O palmito de pupunha (Bactris gasipaes) todo mundo conhece: é o substituto politicamente correto dopalmito-juçara
(Euterpe edulis) extraído à exaustão do que resta de Mata Atlântica. O sabor do substituto não se equipara ao do substituído, é bem verdade, mas pelo menos…

Algumas pessoas já nascem com uma quedinha pela Ciência e passam seus primeiros anos de vida tateando no ajuste do campo ideal de pesquisa. É o caso de Ivan Lavander Candido Ferreira, que foi colecionador de besouros no Jardim da Infância, depois aspirante a uma carreira…

A par do velcro inspirado em carrapichos, uma das histórias mais conhecidas entre os admiradores das tecnologias baseadas na natureza é a dos trens-bala japoneses, cuja frente imita o bico do martim-pescador.
Muita gente conta e reconta esse caso de – com o perdão do trocadilho…

Um temporal abateu algumas árvores da Reserva Biológica Santa Cândida, em Minas Gerais, e quis o acaso que entre elas estivesse a única pindaíba do pedaço, localizada bem junto à cerca, perto da estrada. E como o acaso estava mesmo disposto a colaborar com a Ciência, logo em seguida…

Não é um besouro qualquer: é um Hércules, capaz de levantar 850 vezes o próprio peso! Como se não bastasse, também é um gigante do mundo dos insetos, pois alguns machos alcançam impressionantes 17 centímetros de comprimento (contando o chifre à moda rinoceronte). Mas não é sua força…

Durante os últimos cinco anos, este blog Biodiversa trouxe notícias de pesquisas realizadas com a biodiversidade brasileira, com o objetivo de mostrar que as espécies nativas de plantas, animais e microrganismos servem de inspiração e base para alimentos, cosméticos, medicamentos…

Uma coleção de bactérias isoladas de ambientes aquáticos amazônicos cruzou o país de norte a sul para um grande trabalho de prospecção. Quando a equipe do doutor em Ciências Químicas, Adriano Brandelli, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) recebeu a coleção de pesquisadores da…

A próxima safra de cana-de-açúcar marca o fim – enfim! – das queimadas para colheita em quase todo o estado de São Paulo. Em números arredondados, isso quer dizer 5,5 milhões de hectares de cana colhida cruazinha em 2015: sem fuligem, sem fumaça e, sobretudo, sem emitir mais de 20 milhões…

Que as plantas amenizam a temperatura ambiente, todo mundo sabe. Mas ainda são poucos os que incorporam essa sabedoria corriqueira a projetos de arquitetura, fazendo de jardins verticais a melhor opção de conforto térmico de edificações. Alguns por preferir a comodidade do ar  condicionado

Não, não se trata da pipoca de milho, uma verdadeira gigante perto dos grãozinhos dessa planta amiga do coração. A nossa pipoquinha é classificada como pseudocereal: o amaranto. Aliás, na verdade, esse é o nome genérico atribuído a várias espécies do gênero Amaranthus, também…

Quando uma goiaba chega ao supermercado ou à feira, já está a meio caminho do lixo. É uma pena, mas seu tempo de prateleira não excede os 5 dias, mesmo que a fruta seja colhida ainda verde. A goiaba é muito suscetível ao ataque de fungos e pode perder qualidade mesmo sem…